Como ajudar pessoas que sofrem do distúrbio de depressão.


A depressão é um distúrbio que afeta mais de 10% da população mundial. Segundo dados da OMS, o Brasil é o país mais depressivo da América Latina. Isso significa que muitas pessoas ao seu redor podem apresentar sintomas desse problema. Esse texto enumera dicas para você apoiar colegas, amigos, familiares e pessoas próximas que estejam enfrentando sinais como:


  • Humor deprimido ou irritabilidade, ansiedade e angústia;
  • Alteração no sono (insônia ou hipersonia) e apetite;
  • Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas;
  • Desinteresse, falta de motivação e apatia;
  • Sentimentos de medo, ansiedade, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio;
  • Pessimismo,  ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa autoestima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença, morte ou luto;
  • Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom “cinzento” para si, os outros e o seu mundo;
  • Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento.


Muitas coisas podem ser feitas para que os indivíduos em quadros depressivos sintam-semelhor. Porém, o mais importante, é termos a consciência de que o cuidado psicológico e muitas vezes psiquiátrico é fundamental para que esses indivíduos se recuperem.


Confira abaixo algumas dicas que podem ajudá-lo a amparar alguém com depressão.


1. Compreenda que o tratamento é fundamental


A depressão é uma condição clínica que requer cuidados médicos e psicológicos. Como membro da família ou amigo, você pode ouvir a pessoa e dar o seu apoio, mas isso pode não ser suficiente, ela precisará de tratamento especializado.


2. Seja proativo nos seus cuidados


A melhor coisa que você pode fazer para alguém com depressão é apoiar o seu tratamento. Diga à pessoa que a depressão é um distúrbio grave e que ignorá-lo não o fará desaparecer.Recomende a visita a um psicólogo, busque profissionais de sua confiança e incentive-a a se cuidar.


3. Fale sobre a depressão


Abordar o assunto ou escutar uma pessoa que esteja sofrendo de depressão pode ajudar bastante, até reduzir o risco de suicídio. Acolha, ouça atentamente os sinais de desesperança e pessimismo, esteja atento e não tenha medo de chamar um psicólogo, psiquiatra ou mesmo levar a pessoa a uma clínica.


4. Mantenha contato


Ligue ou visite a pessoa. Não deixe de convidá-la para se juntar a você em atividades diárias. Pessoas deprimidas tendem a ficar isoladas, pois não querem “incomodar” outras pessoas. Insista. Rotinas que promovam exercícios, nutrição e uma quantidade saudável de sono são úteis.


5. Incentive a prática de atividades prazerosas


Convide seu amigo para realizar atividades prazerosas. Uma caminhada, um passeio de bicicleta ou um piquenique no parque; participar de aulas de yoga, meditação, música; ir ao cinema, a uma livraria ou a um lugar relacionado à espiritualidade podem ajudar.Oimportante é nutrir as necessidades físicas, espirituais e emocionais.


6. Concentre-se em metas pequenas


A introspecção depressiva e a passividade de uma pessoa deprimida podem ser reduzidas por meio do incentivo. Estimule um sentimento de recompensa ao atingir pequenos objetivos. Pontue e elogie pequenas realizações diárias - até mesmo algo simples como sair da cama.


7. Leia tudo sobre o assunto


Livros sobre depressão e autoajuda podem ser úteis, especialmente quando são fontes confiáveis de conselhos ou orientação. A leitura pode ser uma fonte chave para ajudar pessoas com depressão.


8. Encontre serviços de apoio


Use serviços de apoio em sua comunidade ou recursos on-line. Algumas plataformas podem ajudá-lo a encontrar especialistas para consultar sobre o tratamento da depressão.Organizações como o CVV (Centro de Valorização da Vida) também podem ser úteis em casos de pensamento suicida.


9. Faça terapia


Para compreender o que se passa com uma pessoa querida é importante que você se conheça bem. O autoconhecimento o deixará preparado para lidar com as suas emoções e com as de seu amigo.A psicoterapia é um processo altamente recomendado para pessoas que convivem com amigos ou familiares em depressão.


10. Saiba o momento de ficar em silêncio


Em alguns momentos pode ser necessário apenas um abraço e o silêncio ao lado do seu amigo. Um colo, um abraço apertado, um momento de acolhimento e carinho podem valer mais do que muitas palavras.


11. Incentive as consultas médicas e visitas ao psicólogo


Incentive a pessoa a visitar um psicólogo ou psiquiatra, participar de sessões de terapia e tomar os medicamentos quando prescritos. Através da terapia, os psicólogos ajudam milhões de pessoas de todas as idades a viver vidas mais saudáveis e mais produtivas.


12. Fique atento


Se alguém que você ama teve ou sofre de depressão, preste atenção se a pessoa vem apresentando alguns sinais do distúrbio. Fique atento e esteja pronto para intervir e ajudar.


Fonte: www.health.com